quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Risoto Caprese

Risoto Caprese

Risoto Caprese.

Na Itália, o Risoto tem o posto de prato principal, diferente do nosso arroz, que aparece como guarnição de outros pratos.

Na Cozinha Prática de quem vive nas estradas, o Risoto aparece como um grande aliado, seja na receita mais elaborada ou mesmo no famoso “Arroz Tudo”.

 

Ingredientes para o caldo de tomate:

  • 6 tomates maduros cortados em cubos grandes
  • 1 pitada grande de sal
  • 1 maço de manjericão picado, com os talos
  • 1/2 pimenta dedo-de-moça fatiada com as sementes
  • 1 cabeça de alho
  • 1.2 l de água
  • Sal (a gosto)

Modo de Fazer: Em um recipiente, coloque os tomates e o sal para suar e soltar um pouco de água. Enquanto isso, prepare os outros ingredientes. Corte a cabeça de alho ao meio, fatie o manjericão e a pimenta dedo-de-moça. Junte ao tomate, misture e deixe marinar por dez minutos. Leve para cozinhar em uma panela e deixe o tomate suar. Depois, acrescente a água, tampe e deixe ferver por 20 minutos. Coe o caldo em uma peneira.

Ingredientes para o risoto:

  • Azeite (a gosto)
  • 2 colheres (sopa) de cebola picada
  • 2 colheres (sopa) de massa de tomate concentrada (extrato de tomate)
  • 300g de arroz arbório ( se não tiver pode ser o arroz parborizado)
  • 1 copo de vinho branco seco
  • 800ml de caldo de tomate (receita acima)
  • 130g de queijo parmesão cortado em cubos
  • 20g de alcaparras lavadas
  • 200g de tomates secos reidratados picados ( opcional)
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 maço de rúcula picada( opcional)
  • Sal e pimenta-do-reino (a gosto)

Refogando de Cebola Refogando o Arroz

Adicionando caldo de tomate Carne de acompanhamento

Modo de Fazer: Refogue a cebola em bastante azeite. Junte o  extrato de tomate concentrado e refogue mais um pouco. Adicione o arroz e continue refogando. Acrescente uma concha de caldo de tomate e reduza até secar, sem parar de mexer. Continue fazendo a mesma operação, adicionando concha por concha até chegar ao ponto desejado: al dente. O processo vai levar 20 minutos e o caldo deve estar bem quente para ser acrescentado ao arroz. Junte o queijo parmesão, as alcaparras e os tomates secos. Misture bem. Finalize o risoto com a manteiga e a rúcula. Ajuste o tempero com sal e pimenta, se necessário.

Sirva o risoto decorando com manjericão, tomates cerejas e queijo. Para acompanhar, escolha uma carne ou frango.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

Crepe Suzette

crepeCrepe Suzette. Uma das mais famosas sobremesas francesas.

O crêpe Suzette é uma maneira de cozinhar os crêpes que consiste em barrá-los com uma manteiga perfumada com sumo e raspa de tangerina e um licor de laranja amarga, dobrá-los em quatro, regá-los depois com uma mistura de licores e servi-los em chama.

Diz-se que os crêpes suzette foram pela primeira confeccionados por Auguste Escoffier, em honra ao rei Eduardo VII da Inglaterra o qual teriá batizado tal iguaria com o nome de uma jovem vendedora de violetas que dele se aproximou.

Ingredientes para o creme chantilly:

  • 250 ml de creme de leite bem gelado

Modo de Fazer: Bata o creme de leite gelado até o ponto de chantilly. Conserve na geladeira.

Ingredientes para a massa de panqueca:

  • 4 ovos
  • 25 g de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 125 g de farinha de trigo
  • 375 ml de leite
  • 20g de manteiga

Modo de Fazer: Coloque os ovos e o açúcar em um recipiente e adicione uma pitada de sal. Bata bem com a mão. Acrescente a farinha aos poucos. Despeje  o leite aos poucos, misturando para que os ingredientes se combinem. Derreta a manteiga em uma frigideira e junte na massa.. Misture  tudo e deixe que a massa descanse por 20 minutos na geladeira. Faça as panquecas finas em uma frigideira bem quente.

Ingredientes para o molho de maracujá:

  • 120g de açúcar
  • 200 ml de polpa de maracujá com sementes
  • 100 ml de água (mais um pouco para dissolver o açúcar)
  • 1 colher de sopa de manteiga

Modo de Fazer: Cozinhe açúcar e um pouco de água até que fique um caramelo marrom escuro. Acrescente a polpa de maracujá, a água até a textura de xarope.  Coloque algumas sementes no molho e por fim coloque a manteiga

Montagem do Prato: Recheie as panquecas frias com creme Chantilly e dobre a massa duas vezes, fechando em triângulo. Arranje no prato.Regue com o molho de maracujá e finalize com chocolate granulado ou  as amêndoas e o açúcar de confeiteiro.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Restaurante D.Irene – Culinária Russa - Teresópolis - RJ

Romanoff

Culinária Russa. Já se passaram mais de 20 anos desde a última vez em que experimentamos a culinária deste restaurante, ainda na antiga casa do Alto Tijuca. A idéia de voltar deu água na boca e era também uma ótima oportunidade de rever os proprietários, Sr. Isbello e D.Maria Emília e conhecer as novas instalações, agora no Bom Retiro.

A nova casa, muito ampla e harmoniosamente decorada vale pela visitação. Não há espaço que tenha sido deixado a sua própria sorte.

ambiente

O Restaurante Dona Irene foi fundado em 1964, na zona rural de Teresópolis, pelo casal siberiano, Mikhail Flegontovich Smonianikoff, com 70 anos à época, e Eupraxia Wladimirovna Smonianikoff. A culinária servida era a mesma da época em que viveram na Rússia sob a dinastia Romanoff, seguindo o mesmo ritual usado pela aristocracia de então, que dividia a refeição em 4 etapas, mantidas até hoje.

Na primeira servem-se os ZAKUSKIS, na segunda serve-se a sopa BORSCHT, na terceira fase, servem-se os pratos principais, que podem ser O FRANGO A KIEV, O VARÊNIQUE, O POJARSKY, O PODJARKA, O FILÉ MIGNON, O CQUILLE ou o BEEF STROGANOFF. Nós optamos pelo FRANGO A KIEV e o PODJARKA.

Na quarta e última fase são servidas as sobremesas, dentre elas o destaque para CHARLOTTE RUSSA, o SUPREMO DE NOZES COM CHOCOLATE, o PAVÊ DE PITANGA e as PANQUECAS FLAMBADAS NO CONHAQUE

Chá ou café encerram a refeição, que dura algo em torno de 4 horas de degustação. O detalhamento de cada prato e de cada fase, você pode obter clicando neste link. Menu D. Irene

Destaque especial para a excelente vodka NaZdaróvia, servida aprisionada em um bloco de gelo, para o espaço único e particular em que cada mesa é ambientada, e para a inesgotável gentileza dos anfitriões em nos deixar plenamente confortáveis e bem servidos.

vodka

Permita-se a este prazer. Ligue e faça sua reserva com alguma antecedência e confira a precisão de meus comentários. Depois me escreva para contar.

nos

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura