sexta-feira, 12 de maio de 2017

Kombi cura, muito além de viajar!!

kombi-cura-3

maio/2017 – numa época em que as viagens levando a casa sobre rodas ganharam espaço nas diversas mídias, temos visto muitas matérias contando como estes projetos nasceram e como é a vida no mundo do volante e das estradas. Viajar, conhecendo novos lugares, culturas e povos é um sonho comum a todos.
Agregar um objetivo social ao prazer de viajar, distribuindo informação, saúde, bons hábitos alimentares e esclarecer, por onde passam, o significado mais profundo da alimentação vegana, é o foco da Kombi cura.

LisQueiroz-DaiannePorto-RafaFigueiredo-MarceloAraujo-SandroLobo

Conheçam os condutores da Kombi cura

Lis Queiróz (Jasmim): nossa caçulinha, a flor mais artista desse jardim. Nossa mestra das artes e artesanias, nossa inspiração nas docerias veganas e outras deliciosidades. Viciada em paçoquita, cheiro no cangote e letras de amor, é a cantora com a voz mais potente das Alagoas.

Daianne Porto (Margarida): a pétala que faltava, a paraibana arretada, a cozinheira de temperos encantadores e sabores apaixonantes! Nossa mais nova líder da gargalhada e companheira de viagem! Gosta de uma comida natureba, mas não passa sem uma guloseima vegana pra dilatar a vida de alegria!

Rafa Figueiredo (Abelha): o homem das ideias incríveis, das palavras certeiras, das inspirações mirabolantes, das misturas improváveis e do sorriso mais contagiante do Brasil! Protetor dos animais, doido por um acarajé e viciado em massagem no pé, é quem sempre tem algo a dizer: o meditador mais tagarela que o Vipassana já viu.

Marcelo Araujo (Pássaro): a mistura da calma da tartaruga marinha com a leveza do passarinho e a força do gorila. Nosso braço firme, nosso colo amigo! O Homem do trabalho forte e do convívio leve. O xerife da nossa cozinha, o mecânico dos nossos motores, a base que sustenta os impulsos avoantes desse grupo de sonhadores.

Sandro Lobo (Sol): o cara das artes gráficas, do violão esforçado e da voz desafinada. O recordista em barbeiragens e multas de trânsito. O yôgue mais gargalhante dessa estrada. O cozinheiro que só come fruta, o bebedor de caldo de cana profissional. É o nosso mestre das “indianidades” e o dono da barba mais atrapalhada do universo.

kombi-cura-3

O projeto teve seu início em 2013, com a aquisição da querida Kombi ano 1994.
A viagem começou no ano seguinte, depois dela ter sido transformada num food-truck (carro de comida). A partir de então, realizaram atividades em diversos municípios da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio de Janeiro.

Vega-Burguer

A Kombi Cura é um veículo (literalmente) de difusão de novas práticas, novas ideias, novos conceitos de relacionamento do ser humano com as outras formas de vida deste planeta, em prol de uma convivência realmente harmônica e sustentável.
Nasceu como um projeto itinerante de conscientização a respeito da saúde alimentar, sustentabilidade, comunidade e meio-ambiente, através da difusão de práticas ecológicas, culinária consciente (vegana, saudável, harmoniosa e saborosa), Yôga, dança, música, teatro, surf, mergulho, carinho, amor, afeto, conversa, massagem...
ah! São tantas as formas de expressar o Amor e aprimorar a nossa experiência nesse plano! – diz Sandro Lobo.

aulas-de-yogaconversa

Sem destino definido, seguem levando para as pessoas não apenas alimentos saudáveis sem ingredientes de origem animal, mas um conjunto de atividades e práticas voltadas à construção de melhores condições de vida. O que antes era um food-truck, hoje é muito mais.

Um veículo, um movimento de cura.

As pessoas e grupos vão se aproximando, sintonizando suas energias e fortalecendo os trabalhos. Daí, seguimos para outro destino e lá já estamos mais capazes de ajudar, de servir. Vamos assim, nesse processo, nos curando e auxiliando outras pessoas - diz Rafa Figueiredo

As várias trocas que vamos realizando com outras pessoas e grupos que se mobilizam por causas semelhantes e sintonizadas às da Kombi Cura, além da grande quantidade de ações que estamos sendo convidados a realizar em diversos lugares, demonstra que vem crescendo muito o interesse das pessoas por soluções alternativas às atuais práticas sociais de consumo, alimentação e relação com o meio ambiente e demais seres habitantes deste planeta – acrescenta Marcelo Araújo.

De acordo com Lis Queiróz, A Kombi cura vai mudar e crescer. Uma nova Kombi está sendo preparada para acomodar todo o grupo, com mais conforto e mais espaço. Um planejamento mais elaborado do layout vai receber melhor os equipamentos, bagagens e integrantes.

Em resumo, falando do bem, fazendo o bem e questionando alguns hábitos prejudiciais da nossa espécie, a Kombi viaja recebendo e doando sementinhas de transformação em prol da Cura do Planeta Terra, nossa casa, e convocando as pessoas para plantar agora o bem que germinará, amanhã, os frutos de um novo tempo, no qual celebraremos a paz de estarmos em par com a nossa Mãe e com toda a vida que aqui habita – conclui Daianne Porto.

kombi-cura-logoTivemos o prazer de conhecer e conversar com esse grupo genial. Melhor ainda será, quando pudermos participar de algum momento desse lindo projeto.
Quem sabe a Kombi cura não estaciona na Região Serrana do Rio de Janeiro (Petrópolis ou Teresópolis), onde pode contar com nosso suporte? 
Saiba mais na página do Facebook da Kombi cura.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

terça-feira, 4 de abril de 2017

Quer viajar o mundo, comendo na casa de pessoas desconhecidas?

melhor-emprego-mundo--

abril/2017Empresa vai contratar dupla para viajar o mundo comendo na casa de pessoas desconhecidas!!
O Dinneer.com, uma empresa de jantares compartilhados, anunciou que está buscando duas pessoas para “O melhor emprego do mundo”. Os contratados viajarão pelo mundo com todas despesas pagas. O Dinneer faz parte do novo setor de empresas de economia compartilhada, como Uber e Airbnb. A ideia é conectar pessoas que amam cozinhar em casa (anfitriões) com visitantes, pessoas que querem uma experiência gastronômica nova que fuja do tradicional restaurante.

melhor-emprego-mundo

Inicialmente, os novos funcionários deverão visitar os países em que o site atua, de acordo com o roteiro de cada continente, avaliar os jantares dos anfitriões que são cadastrados na  plataforma.
O candidato deve gostar de cozinhar, comer qualquer tipo de comida além de ter disponibilidade para cumprir o roteiro de viagens de alguns meses.
Entre as características que eles citam para a dupla estão “se dar bem na frente das câmeras”, ser um bom anfitrião, gostar de escrever, ter espírito aventureiro, estar em redes sociais e ser muito sociável.

sharing-economy-dinneer

Cozinheiros participarão de documentário

dinneer-03

Além de atuar no Brasil, a plataforma também atua em mais 42 países. Grandes centros como Londres, Toronto, Lisboa e Buenos Aires retratam a principal fonte de interessados na plataforma, os expatriados. Brasileiros que moram fora e que sentem saudade da comida brasileira. Ou que cozinham e desejam conhecer outros brasileiros que moram em sua cidade.
Durante a viagem a dupla irá produzir um documentário sobre comida brasileira pelo mundo e as particularidades de cada cultura. O documentário será exibido em um canal de TV.

As inscrições se encerram no dia 11 de julho através do link www.dinneer.com/jobs


Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Bolo de Beterraba, sem glúten, sem açúcar, sem leite

bolo-de-beterraba

novembro/2016 – Rico em fibras, em licopeno, ácido fólico e ferro, este bolo vai agradar muito ao seu paladar.
Não contém glúten, açúcar, ovos e leite.

Ingredientes:

- 2 beterrabas grandes, sem casca e picadas
- 1 xícara (de chá) de azeite de oliva

- 15 colheres (de sobremesa) de estévia pura em pó
- 1 xícara e meia (de chá) de farinha de arroz
-
1 colher de chá de raspas de limão
-
1 xícara (de chá) de amido de milho
-
2 colheres de sopa de fermento em pó
-
Azeite de oliva para untar a forma e farinha de arroz para polvilhar

Modo de Fazer: Bata no liquidificador a beterraba, a linhaça hidratada e o azeite. Passe para uma tigela e misture o restante dos ingredientes. Ponha o forno para aquecer. Unte uma assadeira redonda de anel (com abertura no meio), unte com azeite, polvilhe com farinha de arroz e despeje a massa. Asse em forno médio por aproximadamente 45 minutos.

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

Chips Naturais de Legumes – fugindo dos industrializados

chips-naturais-legumes

novembro/2016 – Vamos fugir dos produtos industrializados?
A Ciclo Vivo (#PorUmMundoMelhor) publicou um artigo muito bem feito e completo sobre o tema. Vale a pena ler e experimentar todas as dicas.

Os detalhes e o modo de fazer dos chips de Batata-doce, Mandioquinha, Beterraba, Abobrinha e Batata, com suas cores e sabores estão descritos no link a seguir. Divirta-se e receba suas visitas com esta novidade saudável e original.

Aprenda a fazer chips naturais de legumes para servir como aperitivo

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Trutas do Rocio - provamos e aprovamos

trutas-do-rocio-logomarca

outubro/2016 – fomos conhecer e saborear as tão famosas Trutas do Rocio, no restaurante de mesmo nome, localizado no acesso às instalações do CINDACTA, Vargem Grande, saída km 76 da BR040.
Em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, o lugar é especial, com 1200 metros de altitude e dentro de uma área de preservação ambiental, em meio a mata atlântica da Serra dos Órgãos.
O negócio foi iniciado em 1982, com uma pequena produção de trutas. Hoje as trutas são criadas em 6 tanques que abastecem principalmente o restaurante. O rio Quilombo, com suas águas cristalinas alimenta os tanques da criação. O restaurante funciona exclusivamente com reservas antecipadas.

trutas-do-rocio-restaurante

Encravado na mata, o local possui muitos desníveis, que dificultam o acesso para pessoas com necessidades especiais. São muitas escadas e pontes que entregam um charme único às instalações.

trutas-do-rocio-restaurante-2trutas-do-rocio-restaurante-3

trutas-do-rocio-rio-quilombo

trutas-do-rocio-mesas-externas

A casa do restaurante atende a 32 pessoas simultaneamente. Em dias de sol, o atendimento também é feito nas mesas externas do jardim. A reserva antecipada é obrigatória. O funcionamento é exclusivo para almoço, todas as sextas, sábados, domingos e feriados. Durante a semana, são aceitos grupos mínimos de 6 pessoas mediante reserva. A ambientação rústica está totalmente integrada ao lugar.

trutas-do-rocio-ambiente-rustico-1

trutas-do-rocio-ambiente-rustico-2

A casa ainda oferece um salão para até 18 pessoas em grupo fechado. Muito interessante para as festas de fim de ano. Mas, vamos falar do que mais interessa. As delícias do cardápio podem ser vistas diretamente no site do restaurante, clicando aqui. Já a nossa sugestão para você é:

trutas-do-rocio-entrada

Entrada – Patê de truta defumada com torradas, finamente temperado. Para acompanhar, escolha seu vinho preferido na ótima carta da casa, ou escolha uma das cervejas artesanais Mosel Brau exclusivas, com opções de sabor e teor para todos os gostos.

truta-defumada-com-com-mostardatruta-do-bosque

Pratos Principais – Truta Defumada, servida com grãos de mostarda e Truta do Bosque, servida com tomate picado, salsa, azeite, vinho branco e coreandro (sementes de coentro).

trutas-do-rocio-mesa-servida

O atendimento é impecável. O casal Luciana e Joe (proprietários) está pessoalmente anotando os pedidos e acompanhando o desenvolvimento do serviço. Os pratos chegam na temperatura exata. Foi uma experiência muito prazerosa. Recomendamos muito uma visita.

Contato e reservas: (24)2291-5623 ou (24)9965-6113
Web Site: Trutas do Rocio
Como chegar: Estrada da Vargem Grande, nº 6333, saída km 76 da BR040, sentido Rio de Janeiro.

As coordenadas para inserir no GPS do seu carro são: –22.478371, –43.275341

Até breve.    Siga-nos nas redes sociais assinatura